Vila Nova e Chapecoense empatam sem gols pelo Brasileiro da Série B

No estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, também conhecido como OBA, em partida válida pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, Vila Nova e Chapecoense empataram pelo placar de 0 a 0. Com o resultado, o Verdão do Oeste soma 10 pontos e sobe para o 8º lugar. Já o Colorado vai para 8 pontos e assume a 14ª colocação.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

Na próxima rodada, a Chapecoense enfrenta a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, em Campinas, dia 24 de maio. Já o Vila Nova recebe o Grêmio, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, dia 29 de maio.

PRIMEIRO TEMPO
TIMES BUSCAM O ATAQUE, MAS SEM LEVAR MUITO PERIGO
A partida começou movimentado no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga. As equipes buscaram o gol, mas as defesas de Vila Nova e Chapecoense conseguiram neutralizar bem todas as investidas dos ataques na primeira meia hora de jogo.

BOA JOGADA DA CHAPE
Aos 33 minutos, a Chapecoense conseguiu criar uma oportunidade real de gol. Luizinho, atacante do time Catarinense, resolveu arriscar de fora da área e mandou uma pancada para o gol. O goleiro Tony conseguiu encaixar bem e fazer a defesa.

VILA NOVA QUASE ABRE O PLACAR
O chute de Luizinho acordou o Vila Nova, que partiu para cima no fim do primeiro tempo e poderia ter ido ao intervalo com a vantagem, mas Daniel Amorim e Arthur Rezende acabaram parando no goleiro Vagner, que conseguiu fazer grandes defesas e salvar a Chapecoense.

SEGUNDO TEMPO
CHAPE PERDE CHANCE, VAGNER EVITA GOL DO VILA NOVA
Assim como o fim do primeiro tempo, o começo da etapa complementar foi movimentado. A Chapecoense desperdiçou boa oportunidade com Claudinho, que finalizou para fora, aos 5 minutos. Aos 9, o criou Vila Nova deu a sua resposta, mas Vagner salvou duas vezes o time do Verdão do Oeste.

JOGADO FICA MUITO PEGADO; CHAPE CRIA BOA CHANCE
Com o decorrer dos minutos, a partida ficou bastante pegada e com os dois lutando por cada bola. Isso dificultava a criação de jogadas na base do toque de bola. Com isso, só chutes de fora da área viraram a grande arma. E foi assim que Matheus Bianqui assustou o goleiro do Vila Nova com chute da entrada da área, aos 30 minutos, mas que foi para fora.
VILA NOVA E CHAPECOENSE CRIAM BOAS CHANCES NO FIM, MAS A BOLA NÃO ENTRA
No fim da partida, Vila Nova e Chapecoense foram para cima em busca do gol na base do abafa. Perigosas oportunidades foram criadas pelas duas equipes, mas os goleiros Tony e Vagner, do Colorado e Verdão do Oeste, respectivamente, conseguiram fazer boas defesas e evitar que a rede fosse balançada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: