Emelec nunca marcou em mata-mata no Brasil e sempre perdeu por dois de diferença

O Flamengo terá uma missão dura na próxima quarta-feira (31): reverter a derrota por 2 a 0 sofrida em Guayaquil para poder chegar até as quartas de final da Conmebol Libertadores. E para avançar, o Rubro-Negro já sabe que enfrentará um adversário que tem histórico ruim em jogos mata-mata pela competição em solo brasileiro.

O Emelec visitou três equipes brasileiras em duelos eliminatórios pela Libertadores, e só acumula derrotas. E todas por pelo menos dois gols de diferença, resultado que levaria a partida da quarta-feira ao menos pelos pênaltis. Isso, principalmente, pelo fato de que os equatorianos sequer marcaram gols em jogos no Brasil.

O primeiro duelo do Emelec em mata-mata no Brasil foi em 1995, quando enfrentou o Grêmio na semifinal da Libertadores, e acabou derrotado por 2 a 0. O segundo, 17 anos depois, foi quando os Elétricos enceraram o Corinthians, nas oitavas de final, e foi superado por 3 a 0. A última eliminatória da equipe de Guayaquil em solo brasileiro foi contra o Fluminense, em 2013, quando foi batido por 2 a 0.

Ao todo, o Emelec já atuou 15 vezes no Brasil, e conseguiu a primeira vitória apenas nesta temporada, com o triunfo por 2 a 1 diante do Cruzeiro, no Mineirão. De resto, os equatorianos acumulam nada menos do que 14 partidas com derrotas em duelos pela Libertadores jogando em solo brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: