Galo manterá base que jogou no Rio; veja provável escalação contra o Goiás

Em entrevista coletiva na Cidade do Galo, o técnico Rodrigo Santana afirmou que a tendência é repetir contra o Goiás, no domingo, em Goiânia, pelo Brasileiro, a equipe que começou a partida contra o Botafogo, na última quarta-feira, pela Copa Sul-Americana, no Rio.

“A minha ideia para o fim de semana, se possível, é manter os 11 contra o Botafogo. Os jogadores ainda vão fazer o trabalho de recuperação, vamos no reunir com a comissão, a fisiologia, a preparação. Mas minha ideia é procurar manter a mesma equipe do jogo do Botafogo”, destacou o treinador alvinegro, que ainda tem este sábado pela manhã para treinar a equipe.

O time jogou no Rio com Cleiton, Patric, Igor Rabello, Réver e Fábio Santos; Jair, Elias, Chará, Vinícius, Otero e Ricardo Oliveira. Com uma tendinite no joelho esquerdo, o goleiro Victor deve seguir de fora da equipe.

Dos 11 que começaram no Rio, Jair é quem tem chance de ser poupado por uma questão de ritmo e desgaste, já que foi o único titular das últimas quatro partidas. Neste caso, há duas opções: Zé Welison, mais marcador, e o paraguaio Ramón Martínez, que sai mais para o jogo.

É possível também que Rodrigo Santana troque o centroavante, dando vez agora a Alerrandro, que não jogou no Rio de Janeiro. Papagaio ficaria como opção para o segundo tempo. Assim, o Atlético deve entrar em campo com Cleiton, Patric, Igor Rabello, Réver e Fábio Santos; Martínez (Zé Welison), Elias, Chará, Vinícius, Otero e Alerrandro.

“Gosto de dar sequência e repetir a equipe, mas devido às três competições, estava difícil. Mas daqui a três ou quatro rodadas, vamos ter uma semana cheia”, explicou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: