‘O que podemos fazer?’: Guardiola abre o jogo sobre situação de Sané no Manchester City

Leroy Sané tem seu futuro indefinido no Manchester City. Com o nome constantemente ligado ao Bayern de Munique, o atacante alemão ainda não tomou uma decisão em relação à próxima temporada. No que depender de Pep Guardiola, o jogador ficaria, visto que pensa ser um atleta muito importante para o elenco

Em entrevista coletiva após a goleada de 6 a 1 sobre o Kitchee, de Hong Kong, na última quarta-feira, o treinador do City afirmou que a decisão precisa partir do próprio Sané, deixando claro que o clube está de mãos atadas diante da indefinição.

“Acho que disse duas vezes ou três vezes: queremos mantê-lo. Queremos que ele fique, essa é a razão pela qual há mais de um ano ele tem uma oferta esperando para falar com seu agente para prorrogar o contrato. Mas não está em nossas mãos ou em minhas mãos (a permanência dele). Ele tem que decidir se quer ficar e se o nosso acordo é bom. Se ele vai sair, ficaremos tristes, mas o que podemos fazer? Espero que ele continue”, disse o treinador.

Sané foi contratado pelo Manchester City por indicação do próprio Guardiola. Na ocasião, o jogador foi vendido pelo Schalke 04 por 50 milhões de euros (cerca de R$ 210 milhões). Hoje, aos 23 anos, o jogador tem sua transferência para o Bayern de Munique especulado pelo valor de 100 milhões de euros (cerca de R$ 420 milhões)

“Gosto muito dele, acho que ele tem uma chance incrível de ser melhor, incrível em termos de estar conectado ao jogo”, finalizou Guardiola, elogiando Sané.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: