Cruzeiro e River Plate compartilham ídolos e grandes jogos

Cruzeiro e River Plate se enfrentam, às 19h15 desta terça-feira (22), pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores da América. Um confronto continental dos mais tradicionais, que já decidiu título e que, de forma impressionante, não terminou empatado nenhuma vez em 15 oportunidades.

O último encontro entre as partes foi em 2015, quando os argentinos – atuais campeões – eliminaram a Raposa nas quartas de final da Libertadores, no caminho rumo ao terceiro de seus quatro títulos. Nos enfrentamentos anteriores, contudo, os mineiros tiveram ampla vantagem: venceram os sete anteriores, eliminando os Millonarios na Copa Mercosul de 1998 e conquistando a Recopa Sul-Americana do mesmo ano.

Título sobre o River Plate, aliás, sempre traz boas lembranças aos cruzeirenses, que conquistaram a sua primeira Libertadores, em 1976, justamente sobre os Millonarios.

Mas se a história conta com confrontos importantes, ela também une ambas as camisas com ídolos. O zagueiro Roberto Perfumo e o lateral Juan Pablo Sorín são os maiores exemplos: inclusive, em 2015, um ano antes do falecimento de Perfumo, os dois foram homenageados por Cruzeiro e River antes do jogo de ida daquelas quartas de final de Libertadores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: