Lei francesa prevê pena duríssima a Neymar; PSG analisa ‘medidas apropriadas’

Envolvido em uma nova polêmica, Neymar entrou em rota de colisão com a diretoria do Paris Saint-Germain após não se reapresentar com o restante do elenco para dar início à pré-temporada. Na alegação de Neymar da Silva, seu pai, o clube francês já havia sido informado de que o brasileiro se juntaria ao grupo em Paris apenas em 15 de julho por conta de compromissos comerciais no Brasil. O PSG, por outro lado, não confirma o acordo, e garante que ‘tomará as medidas apropriadas’.

De acordo com informações publicadas nesta terça-feira (09) pelo jornal Le Parisien, o atacante corre o risco de, em um cenário mais pessimista, ser até mesmo demitido pelo Paris Saint-Germain. Na visão do diário francês, no entanto, esta possibilidade é, neste momento, ainda distante. A maior chance segue sendo de uma punição com caráter financeiro no salário de Neymar, abatendo os dias de ausência em Paris.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: