Gol é sempre a alegria do povo

NO TEMPO DA BOLA:
Por Antônio Célio

As acachapantes goleadas ficam sempre marcadas no histórico do futebol. Digo isso, porque, recentemente tivemos um placar elástico no campeonato amador de Bocaiuva que certamente jamais será inesquecido. Pelo menos, na memória do torcedor do Atlético de Guaraciama.
No dia 16 deste mês, o Galo Índio aplicou 8 a 3 no Ajax, de Engenheiro Navarro. E, apenas, o meia atacante Renatinho fez sete tentos, numa jornada triunfal. Buscando, na memória, quase incomum, encontrar um mesmo jogador marcando tantas vezes assim.
Em 2011, o Vera Cruz aplicou 22 a 2 no União Navarro, se constituindo no maior placar já registrado no histórico do futebol amador de Bocaiuva. Neste confronto, Junior, de Alto Belo, que reforçou a equipe veracruzense, foi autor de 11 gols. No mesmo jogo, o saudoso Maiquinho, que anos depois, morreu num trágico acidente, anotou cinco tentos.
No nível nacional, a maior goleada foi registrada no campeonato carioca, no dia 30 de maio de 1909. O Botafogo venceu o Mangueira, por 24 a 0. Os placares elásticos também acirram os torcedores dos dois maiores clubes de Minas Gerais: Cruzeiro e Atlético.
Ao evitar a queda para o rebaixamento para a série, na última rodada do Brasileiro, a Raposa aplicou 6 a 1 no Atlético, no dia 4 de dezembro de 2011. Esse escore virou chacota dos cruzeirenses sobre os atleticanos.
Mas, a partir desta sonora goleada, o torcedor do Galo se recorreu aos alfarrábios do futebol em busca de uma vitória maiúscula sobre os rivais. Aí, veio a tona publicamente aquele 9 a 2 sobre o Palestra Itália, que em 1942 se transformou em Cruzeiro Esporte Clube.
O futebol sem gols não tem a sua graça. Claro, para os vencedores aquele gosto de felicidade, enquanto para os derrotados o amargo de entrar negativamente para a história do esporte mais popular. Que saiam mais gols no nosso certame amador e que os artilheiros, como foram Renatinho, Júnior e Maiquinho, possam sempre fazer a alegria de seus torcedores.
Um abraço, até a próxima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: