Copa do Mundo Feminina: a equipe ideal da fase de grupos

A primeira fase da Copa do Mundo já é história. Algumas equipes avançaram, enquanto outras se despediram da competição. O que não faltou, contudo, foi emoção.

Além dos estádios cheios, o torneio ofereceu excelentes jogos. São tantas jogadoras de grande qualidade, que foi difícil montar uma equipe ideal da fase de grupos – mas conseguimos

Começando pelo gol, com Tiane Endler. A goleira do PSG cresceu muito durante o Mundial, sendo uma das melhores até aqui, e conquistou o respeito e a admiração das rivais.

Na defesa, apenas Aldana Cometti rompe o domínio europeu. A zagueira argentina foi um grande exemplo de raça dentro do campo. Junto a ela, Wendie Renard fecha a dupla de zaga, enquanto Lucy Bronze e Giulia Gwinn tomam conta das laterais.

No meio-campo, a alemã Sara Däbritz se tornou peça-chave para sua seleção graças a sua visão de jogo. É claro que na meiuca não ia faltar a nossa camisa 10: Marta vem quebrando recordes e mostrando porque foi eleita a melhor jogadora do mundo por seis vezes. Fechando o setor, Lindsey Horan, vital para os EUA.

O ataque também tem brasileira: Cristiane, que logo no jogo de estreia marcou marcou um hat-trick e garantiu a vitória do Brasil. Ao seu lado, duas outras jogadores de elite: Alex Morgan e Cristina Girelli.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: