Bahia vence Grêmio, iguala Flamengo e Palmeiras e chega ao terceiro lugar do Brasileirão

Neste sábado, a equipe baiana derrotou o Grêmio por 1 a 0 e chegou ao terceiro lugar do Campeonato Brasileiro. O único gol da partida, válida pela sétima rodada, foi marcado por Fernandão.

O camisa 20, em cobrança de pênalti, balançou a rede de Paulo Victor aos nove minutos do segundo tempo. O árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva anotou falta dentro da área após o chute de Arthur pegar no braço de Geromel.

Com o triunfo, a equipe de Salvador, que mandou o duelo no Pituaçu (a Arena Fonte Nova foi entregue à Copa América), manteve o 100% de aproveitamento jogando em casa sob o comando de Roger Machado.

Por outro lado, o time de Renato Gaúcho teve a sequência de três jogos sem perder interrompida.

TABELA

O Bahia vai passar a noite na terceira colocação. O time tem agora 13 pontos em sete jogos, com quatro vitórias, um empate e duas derrotas.

A pontuação baiana é a mesma do Palmeiras, que lidera e ainda tem duas partidas a menos, e Flamengo, que bateu o Fortaleza na tarde deste sábado. O Alviverde está com 11 gols de saldo, enquanto o Rubro-Negro soma quatro.

O Tricolor Gaúcho, 18ª na tabela, conheceu o seu quarto revés na competição e segue na zona de rebaixamento para a Série B. São apenas cinco pontos em sete partidas disputadas.

O JOGO

No duelo entre Roger Machado e Renato Portaluppi, que sucedeu o adversário no Grêmio, o futebol vistoso, característica dos dois times, ficou de lado no primeiro tempo. Com muita marcação em Pituaçu, as duas equipes pouco criaram.

Douglas Friedrich fez uma intervenção logo no começo da partida, ao sair do gol e evitar a arrancada de Montoya. Depois, aos 33, evitou o gol de Pepê, em um chute de dentro da grande área, mas foi só o que os dois times puderam produzir.

Na etapa final, porém, o duelo ganhou emoção logo no início. Aos sete minutos, Artur recebeu no ataque, cortou a marcação e finalizou, mas a bola bateu na mão de Pedro Geromel. O árbitro marcou pênalti e amarelou o zagueiro gremista. Na cobrança, Fernandão mandou para a rede.

O Grêmio tentou pressionar pelo empate. Com 15 jogados, Montoya aproveitou sobra na área e finalizou forte, mas Gregore se atirou na bola e salvou em cima da linha. Três minutos depois, o Bahia respondeu com cabeçada de Fernandão, que foi pela linha de fundo.

Nos minutos finais, o Bahia quase ampliou. Aos 40, a defesa do Grêmio fez mais uma lambança e a bola sobrou para Ramires, que arriscou, mas Paulo Victor fez a defesa.

Por fim, aos 42, Arthur Caíke chutou e quase anotou seu gol.

FICHA TÉCNICA:
BAHIA 1 X 0 GRÊMIO

Local: Estádio Pituaçu, em Salvador-BA
Data: 01 de junho (Sábado)
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa-PA)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Helcio Araujo Neves(PA).
VAR: Caio Max Augusto Vieira (RN) auxiliado por Thiago Duarte Peixoto (SP) e Flávio Gomes Barroca (RN)
Público: 26.930 pagantes
Renda: R$ 388.136,00
Cartões amarelos: Artur (Bahia); Pedro Geromel e Juninho Capixaba (Grêmio)
GOL: BAHIA: Fernandão (9/2T)

BAHIA: Douglas; Nino, Ernando, Lucas Fonseca e Moisés; Gregore, Douglas Augusto, Elton (Flávio); Elber (Artur Caike), Artur e Fernandão (Ramires) Técnico: Roger Machado

GRÊMIO: Paulo Victor; Leonardo, Geromel, Rodrigues e Juninho Capixaba (Patrick); Michel, Thaciano e Jean Pyerre; Montoya (Diego Tardelli), Felipe Vizeu (André) e Pepê. Técnico: Renato Portaluppi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: