Leonardo deve deixar o Milan e voltar ao PSG como dirigente

Seis anos depois de deixar o Paris Saint-Germain, o brasileiro Leonardo pode voltar ao clube francês com mais poder na próxima temporada.

Segundo o jornal L’Equipe, Leonardo não deve continuar como diretor do Milan na próxima temporada após o time novamente não conseguir vaga para a Champions League.

Ele estava no cargo desde 2018, mas nunca deixou de manter contato com os líderes catarianos do PSG.

O jornal francês diz que Leonardo deve voltar como vice-presidente do clube, provavelmente para assumir funções exercidas hoje pelo diretor de esportes Antero Henrique, que foi convidado para uma reunião em Doha nos próximos dias e que tem futuro incerto no PSG.

Leonardo foi dirigente do PSG de junho de 2011 a julho de 2013, quando pediu demissão após empurrar o árbitro Alexandre Castro e receber uma suspensão de 14 meses da Federação Francesa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: