Em tarde de VAR, Ceará goleia CSA no duelo nordestino da rodada

O Ceará começou o Brasileirão com o pé direito. Neste domingo, o Vozão bateu o CSA por 4 a 0 com gols de Ricardo Bueno, duas vezes, Leandro Carvalho e João Lucas, além de uma ação insinuante do árbitro de vídeo. No primeiro tempo, com o auxílio do VAR, o árbitro da partida desmarcou um pênalti assinalado para o Alvinegro e também expulsou o goleiro do CSA após falta fora da área, apesar do impedimento ignorado no início da jogada.

O jogo

Aos 21 minutos, o Vozão cobrou escanteio curto. Samuel Xavier levantou na área, e Ricardo Bueno testou a bola para o fundo da rede. Treze minutos depois, Leandro Carvalho fez um salseiro do lado direito, cortou Luciano Castán e finalizou cruzado para fazer o segundo. E ainda deu tempo para o VAR entrar em ação.

Primeiro, o árbitro marcou pênalti de Carlinhos em Leandro Carvalho, mas mudou a decisão após consulta ao vídeo. Em um outro momento, após lançamento longo, João Carlos fez falta em Samuel Xavier e recebeu cartão amarelo. Após consulta ao árbitro de vídeo, o juiz entendeu que o lance era para vermelho direto, apesar do lateral cearense partir em posição de impedimento.

Na etapa final, o CSA passou a jogar ainda mais fechado para evitar um resultado desastroso. Já o Vozão trabalhava a bola, mas tinha dificuldade de encontrar espaços mesmo com um jogador a mais. Tanto que a única chance do Ceará em 30 minutos foi uma finalização de Thiago Carleto desviada em Ricardo Bueno.

Na reta final de segundo tempo, o Vozão aumentou o ritmo e construiu a goleada. Aos 35, Bergson fez a jogada pela direita, tocou para Ricardo Bueno, que ajeitou para João Lucas acertar o cantinho. Oito minutos depois, Bueno recebeu na área e fez o quarto para determinar o resultado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: