Reforço de R$ 26 milhões, Cueva tem início pior que o de ‘esquecido’ Bryan Ruiz no Santos

São apenas dez jogos, mas o início de Christian Cueva no Santos não vem sendo nada animador. Segunda contratação mais cara da história do clube, o peruano ainda não engrenou com a camisa do Peixe. Nas 10 partidas disputadas, nenhum gol, nenhuma assistência e início pior que o do meia costarriquenho Bryan Ruiz.

No ano passado, Bryan chegou como uma das esperanças para resolver o problema do meio-campo. Contudo, em seus primeiros dez jogos, deu apenas duas assistências. No total, o meia soma 14 partidas e nenhum gol. A diretoria do Alvinegro da Vila Belmiro espera pela Copa Ouro para negociá-lo.

Para piorar a situação, as atuações de Cueva tem sido bem discretas, especialmente nos últimos jogos. Contra o Corinthians na semifinal do Campeonato Paulista, o camisa 8 foi muito apago e bem substituído por Sampaoli. A titularidade será difícil, pois no setor, Jean Mota vive grande fase, e Rodrygo parece enfim se firmar com o argentino no comando.

Caso o Santos siga na Copa do Brasil, Cueva pode ganhar mais oportunidades ao longo da temporada, pois com o Campeonato Brasileiro serão duas competições que o Peixe disputará no restante de 2019. O meia ainda pode ser muito útil, visto que já mostrou qualidade em alguns momentos pelo São Paulo e na seleção peruana. Porém, o início não vem sendo nada animador para o torcedor, e tampouco para o clube que desembolsou R$ 26 milhões para tirá-lo do Krasnodar, da Rússia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: