Atlético-MG tem duas cartas na manga para tentar tirar Tiago Nunes do Athletico

O Atlético-MG já tem um nome para encabeçar a lista de treinadores para substituir Levir Culpi, demitido nessa quinta-feira após a derrota por 4 a 1, no Paraguai, pela Libertadores. O jovem Tiago Nunes, do Athletico, é o principal para chegar a Belo Horizonte.

Pesa a favor do Galo dois fatores: o primeiro é a proximidade de Rui Costa, novo diretor de futebol do Atlético-MG com Tiago Nunes. Eles trabalharam juntos no Furacão na campanha do título da Copa Sul-Americana, em 2018. Isso faz com que, além de se conhecerem, o cartola atleticano conheça detalhes do contrato e condições para saída do Paraná.

Outra situação favorável ao Galo é a questão financeira. A equipe mineira ofereceu valores bem maiores do que os vencimentos atuais do treinador no Athetico. Isso, inclusive, tem sido um fator fundamental para o comandante pensar em trocar o Furacão pelo Galo.

As torcidas reagiram de maneiras diferentes a situação. Os mineiros gostaram do nome e colocaram na balança apenas o peso de Rogério Ceni, que também é um novo nome do mercado. Tiago é visto em Belo Horizonte como uma joia, treinador que faz o Athetico jogar de maneira bonita, bem treinada e trabalhada. Já em Curitiba, os atheticanos foram possuídos pelo temor de perder seu treinador.

Tiago Nunes como uma das revelações do futebol brasileiro em 2018. Ele aproveitou a saída de Fernando Diniz para assumir o Furacão e levar a equipe a sétima posição do Campeonato Brasileiro e o título da Copa Sul-Americana.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: