Sérgio Sette Câmara confirma favoritismo e é eleito o novo presidente do Atlético

Sérgio Sette Câmara é o novo presidente do Atlético. Ao lado do vice Lásaro Cândido da Cunha, o advogado liderou a chapa ‘Unidos pelo Galo’. O grupo da situação confirmou o favoritismo e venceu a eleição desta segunda-feira com 266 votos, contra 41 do oposicionista Fabiano Ferreira, da chapa ‘Virada do Galo’. Houve ainda quatro votos nulos e três em branco.

“Minha ficha ainda não caiu direito. Mas eu me preparei, me preparei durante muitos anos, acompanhando vários presidentes. Estive muito tempo dentro de vestiário. Já ‘chupei muita laranja’ dentro do vestiário, essa que é a grande verdade. Acredito que tenho uma boa experiência. Vou colocar toda a minha obstinação, que sempre tive em tudo na minha vida, em prol do Atlético. Faço as coisas com muito planejamento, essa é uma marca que tive em minha vida todas as coisas que fiz”, disse o novo presidente.

eja como foi a apuração, o discurso e a entrevista com Sérgio Sette Câmara:
A eleição teve clima de tranquilidade. No total, 398 conselheiros tinham direito a voto. Ou seja: 84 não estiveram na sede do clube, no bairro de Lourdes, Região Centro-Sul de Belo Horizonte, nesta segunda. O pleito ocorreu entre 9h e 17h – quando se iniciou a apuração e posterior anúncio do resultado.
A movimentação no local se iniciou logo no começo da manhã. A chapa da oposição estendeu faixas, estacionou um ‘trio elétrico’ na frente da sede e contratou mulheres para pedir voto.
Os representantes da situação, por outro lado, foram mais discretos e usaram apenas o artifício das faixas para reforçar a campanha.
Durante a parte da tarde, um grupo de torcedores distribuiu panfletos para cobrar participação direta dos sócios na eleição. Atualmente, apenas conselheiros possuem direito a voto.
Poucos torcedores estiveram nos entornos da sede – ao contrário do que ocorreu em setembro, quando o Conselho Deliberativo aprovou a venda de parte do Diamond Mall para viabilizar a construção da Arena MRV.
Os eleitos
A dupla formada por Sérgio Sette Câmara e Lásaro Cândido da Cunha tem o apoio do grupo que comanda o Atlético desde 2009. Nomes como Alexandre Kalil, Daniel Nepomuceno, Rubens Menin e Ricardo Guimarães foram peças importantes na campanha vitoriosa.
Conselheiro Grande Benemérito, Sérgio Sette Câmara é advogado e mestre em direito empresarial. O dirigente iniciou oficialmente a participação política no Atlético em 1999 e chegou a ser vice-presidente de Patrimônio na gestão Ricardo Guimarães, iniciada em 2003.
Pai de Sérgio Santos Sette Câmara Filho, piloto da Fórmula 2 (F2), o presidente eleito foi assessor da presidência nos seis anos da ‘era Kalil’. Seguiu no cargo com Daniel Nepomuceno até se eleger vice do Conselho Deliberativo – função à qual renunciou para poder concorrer no pleito desta segunda-feira.
Lásaro Cândido da Cunha, por sua vez, é conselheiro Eleito. O advogado e doutor em direito está na política do Atlético desde 2009. Alexandre Kalil o nomeou diretor jurídico dois anos depois. O vice-presidente se manteve no cargo até o meio de 2017, quando deixou a função para exercer o direito de participar da votação da venda de parte do Diamond Mall.
Por conta do favoritismo, Sette Câmara já havia iniciado o planejamento da temporada 2018 antes da eleição. O novo presidente contratou Alexandre Gallo para assumir o cargo de diretor de futebol.
Arouca, do Palmeiras, deve ser o primeiro reforço anunciado pela nova diretoria. O jogador é antigo desejo do clube alvinegro e já realizou exames médicos em Belo Horizonte.
Outros nomes cogitados são o lateral-direito Guillermo Varela, do Peñarol, o zagueiro Pablo, do Bordeaux-FRA, e o volante Rithely, do Sport. A diretoria também busca atacantes de velocidade, que atuem pelas pontas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: