Após homenagem, Farfán se solidariza por amigo Guerrero

Amigos de infância, Farfán homenageou Guerrero ao comemorar, com a camisa do atacante, o primeiro gol da vitória sobre a Nova Zelândia, que garantiu o Peru na Copa do Mundo após 36 anos de ausência. Depois do duelo, o autor do tento se emocionou ao lembrar do companheiro de seleção, que não pôde jogar a repescagem em função de ter sido pego pelo exame antidoping, ainda nas Eliminatórias, levando da Fifa uma suspensão preventiva de 30 dias.

“É meu amigo de infância que gosto muito. Eu prometi que ia dedicar a classificação para ele. Quando diz o gol, o único que veio na minha cabeça foi Paolo. Dedicamos todos a vaga no Mundial”, apontou. “Me dói muito tudo que está acontecendo com ele. Queria que estivesse ao meu lado, lutando por nossa seleção. Esperamos que resolva logo a questão que esteja junto conosco no Mundial”, completou.

Ambos foram formados pelas categorias de base do Alianza Lima, um dos mais tradicionais clubes do Peru. Guerrero, que é o grande ídolo da torcida peruana e o maior jogador da história do país, também se manifestou, por meio das redes sociais, em comemoração à classificação à Copa do Mundo do ano que vem. “O sonho de todos se tornou realidade. Hoje, mais unidos do que nunca. Estamos na Rússia”, escreveu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: