Botafogo arranca empate na Ressacada aos 49 do segundo tempo

O Botafogo conseguiu um empate heróico na na noite desta quarta-feira, na Ressacada. A torcida do Avaí já comemorava a quebra do jejum de vitórias quando o Alvinegro carioca empatou nos acréscimos. O Avaí, que não vence há seis jogos, agora soma 31 pontos, mas segue na penúltima colocação. O Botafogo chegou aos 44 pontos e ocupa a sexta colocação, mas pode ser superado na classificação do Campeonato Brasileiro, caso o Flamengo derrote o Bahia, nesta quinta-feira.

O Avaí foi melhor durante os 90 minutos e só não conseguiu um resultado mais expressivo por causa da grande atuação de Gatito Fernândez que fez grandes defesas.. Sem a presença do técnico Jair Ventura, suspenso, o Botafogo foi um time apático que poucas vezes conseguiu ser melhor do que o adversário durante o jogo, mas teve o mérito de não desistir até conseguir marcar o gol do empate. Marquinhos, de pênalti, anotou para o Avaí, enquanto Marcos Vinicius empatou para a equipe visitante.

Na próxima rodada, o Avaí vai visitar a Ponte Preta, em Campinas. O Botafogo vai receber o Corinthians, no Engenhão.

Aos 11 minutos, Júnior Dutra ganhou de Victor Luis na corrida e cruzou fechado, mas Gatito Fernandez ficou com a bola. Escalado com três atacantes, o Avaí tentava marcar a saída de bola da equipe carioca, mas o Botafogo saía da defesa com toques rápidos e utilizando os laterais Arnaldo e Victor Luis, mas não conseguia fazer a bola chegar aos atacantes Brenner e Rodrigo Pimpão.O jogo
O Avaíi começou no ataque e,antes do primeiro minuto, criou uma situação de gol. João Paulo entrou nas costas de Arnaldo e cruzou, mas Bruno Silva conseguiu aliviar o perigo. O Botafogo tentava segurar a bola para tentar se aproximar da área catarinense, mas encontrava dificuldades para penetrar na defesa.

O jogo seguia muito disputado no meio campo, mas com poucas jogadas de área. Aos 22 minutos, João Paulo investiu pela esquerda e cruzou para a entrada de Júnior Dutra, mas Victor Luis, de cabeça, desviou para escanteio. Aos 30 minutos foi a vez de Joel tentar a cabeçada, após o cruzamento da direita, mas a bola saiu sem força e direção.

Aos 37 minutos, Bruno Silva fez boa jogada pela direita e cruzou. A bola desviou na zaga e quase enganou o goleiro Douglas, mas o jogador do Avaí ficou com a bola. Dois minutos depois, Victor Luis tabelou com Pimpão e tocou na pequena área, mas ninguém apareceu para concluir a jogada.

O time da casa só reapareceu no ataque aos 44 minutos em chute de Pedro Castro que passou longe da trave defendida por Gatito Fernandes.

O Avaí voltou para o segundo tempo com o experiente meia Marquinhos no lugar do atacante Joel. No Botafogo, Matheus Fernandes saiu para a entrada de Marcos Vinicius.

E o time catarinense retornou mais agressivo. Aos quatro minutos, em cobrança de escanteio, Marquinhos quase marcou um gol olímpíco, mas Gatito Fernandes conseguiu desviar a bola para escanteio. Aos seis minutos, Gatito Fernandes evitou o gol catarinense ao defender um chute cruzado de Romulo. Logo depois, o goleiro alvinegro voltou a brilhar ao defender a cabeçada de Júnior Dutra.

O Botafogo não conseguia sair da defesa e o Avaí voltou a criar outro momento de perigo aos dez minutos, quando João Paulo cruzou na pequena área e Marquinhos cabeceou para nova defesa de Gatito Fernández.

O time carioca só apareceu na área catarinense aos 12 minutos em chute cruzado de Bruno Silva que o goleiro Douglas desviou com a ponta dos dedos.

Aos 20 minutos, o Avaí marcou o primeiro gol. Após cobrança de escanteio, Rodrigo Pimpão subiu com o braço para o alto e resvalou na bola. O árbitro marcou pênalti que Marquinhos converteu com grande categoria. Marquinhos chegou aos 57 gols na Ressacada e igualou marca histórica de Décio Antônio.

Logo depois, o goleiro do Botafogo voltou a salvar sua equipe com duas defesas consecutivas. O paraguaio bloqueou a avançada de Júnior Dutra que entrou livre na área. A sobra ficou com com Romulo que chutou para nova defesa de Gatito.

Em desvantagem, o Botafogo tentou sair para buscar o empate, mas não conseguiu criar jogadas para ameaçar o gol da equipe de Florianópolis. Só aos 39 minutos é que Rodrigo Lindoso recebeu na área e tentou encobrir o goleiro Douglas, mas a bola se chocou com o travessão. Quando tudo parecia perdido, o time carioca chegou ao empate com Marcos Vinicius que encheu o pé e deixou tudo igual.

FICHA TÉCNICA
AVAÍ 1 X 1 BOTAFOGO

Local: Estádio Ressacada, em Florianópolis (SC)
Data: 18 de outubro de 2018 (Quarta-feira)
Horário: 21h45(de Brasília)
Árbitro: Rafael Traci (PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Luciano Roggenbaum (PR)
Cartões amarelos: Romulo, Leandro Silva(Av); Matheus Fernandes, Marcos Vinicius, Igor Rabello(Bota)
Público: 5.156 pagantes

GOLS:
AVAÍ:
 Marquinhos, aos 20 minutos do segundo tempo
BOTAFOGO: Marcos Vinicius aos 50 minutos do segundo tempo

AVAÍ: Douglas, Leandro Silva, Alemão, Betão e João Paulo; Luan Pereira(Capa), Judson e Pedro Castro(Simeão); Joel(Marquinhos), Romulo e Júnior Dutra
Técnico: Claudinei Oliveira

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Arnaldo, Marcelo, Igor Rabello e Víctor Luís; Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes(Marcos Vinicius), Bruno Silva e João Paulo; Rodrigo Pimpão(Guilherme) e Brenner(Vinicius Tanque)
Técnico: Jair Ventura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: