Marquinhos, conflito entre Neymar e Cavani é “problema bom”

Escolhido para ser o capitão da Seleção Brasileira contra o Chile, nesta terça-feira, no Palestra Itália, o zagueiro Marquinhos já exerceu a função no Paris Saint-Germain, que precisou contornar recentemente um conflito de egos. O ex-corintiano, contudo, encarou com naturalidade a disputa entre os atacantes Neymar e Cavani pelas cobranças de pênalti do time francês.

“Foi normal. A gente até brincou que era um problema bom para o treinador, com dois jogadores querendo ter essa responsabilidade”, disse Marquinhos, para quem o assunto já está superado. “Tudo foi resolvido da melhor forma. São dois grandes homens, que souberam se entender.”

Vindo do Barcelona, Neymar chegou ao PSG badalado como a contratação mais cara do futebol mundial e, por enquanto, tem justificado o investimento dentro de campo. Para Marquinhos, o entrevero com o uruguaio Cavani não passou de um pequeno percalço.

“Como todos viram, a recepção ao Neymar foi das melhores. Ele é um jogador realmente diferenciado, que soube se adaptar rapidamente à cidade, à vida em Paris. Os brasileiros também o ajudaram. É um menino que quer crescer sempre, buscar novos objetivos, e a gente vai ajudá-lo”, assegurou.

Os brasileiros do PSG também estão representados na Seleção. Além de Marquinhos e Neymar, o elenco de Tite conta com o lateral direito Daniel Alves e tinha o zagueiro Thiago Silva, cortado em função de uma lesão muscular na coxa direita.

“Só que, a partir do momento em que estamos aqui, o foco é a Seleção Brasileira. Nós nos damos bem com todo o mundo, não só com quem é do PSG. A Seleção tem um grupo bom. Aqui, giramos a chave e começamos a pensar em outros objetivos”, discursou o capitão Marquinhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: