United vence fácil o CSKA na Rússia; Basel aplica 5 a 0 no Benfica

O Manchester United não tomou conhecimento do CSKA Moscou, que jogava em sua Arena, na Rússia, e conseguiu a segunda vitória em dois jogos na Liga dos Campeões. O time de José Mourinho não teve muita dificuldade para golear por 4 a 1, na tarde desta quarta-feira, e assumir a liderança isolada do Grupo A da competição.

Os gols do United foram marcados por Lukaku (duas vezes) e Martial, na etapa inicial, e por Mkhitaryan já na segunda metade da partida. No finalzinho do duelo, Kuchaev descontou e fez o gol de honra dos russos.

Romelu Lukaku, principal nome ofensivo dos ingleses nesta quarta, vem se consolidando cada vez mais na equipe: com os dois gols no confronto, o belga atingiu a impressionante marca de dez tentos em nove jogos com a camisa dos Red Devils – média de 1,1 tento a cada 90 minutos.

Na próxima rodada, a última do primeiro turno da chave, o United visita o último colocado Benfica, no Estádio da Luz, às 16h45 (de Brasília) do dia 18 de outubro. No mesmo dia, às 14h, o CSKA busca uma reabilitação diante do Basel, da Suíça.

O jogo – O começo de partida foi eletrizante. Não à toa, com 17 minutos o United já vencia por 2 a 0, quase fez mais um e viu o goleiro De Gea impedir uma boa chegada adversária.

Aos quatro minutos, Martial fez jogada pelo lado esquerdo e cruzou na medida para Lukaku. O centroavante ganhou no alto de Ignashevich, cabeceou firme, para o chão, e abriu o placar.

Fique por dentro do mundo do esporte!

Receba alertas no seu computador das principais notícias do site

ATIVAR ALERTAS

No minuto seguinte, para fazer valer o mando de campo, o CKSA já respondeu: Golovin levou pela direita, tentou o chute e furou de forma bizarra. O lance, no entanto, sem querer virou um passe para Dzagoev, que chutou forte da meia-lua, mas parou em grande defesa de De Gea.

Depois disso, foi o United quem encontrou o caminho do gol mais uma vez. Shchennikov cometeu pênalti infantil em Mkhitaryan, no canto direito da área. Na cobrança, Martial teve tranquilidade para chapar a bola, bater rasteiro e descolar Akinfeev.

Quando o relógio marcava 26, um novo cruzamento de Martial para Lukaku surtiu efeito. O atacante belga aproveitou a furada de Berezutski e, sozinho, dentro da pequena área, apenas empurrou para o fundo da rede.

Os russos até tentaram diminuir a vantagem antes do intervalo, mas De Gea estava lá para segurar o resultado. Chalov fez jogada pelo meio, driblou dois marcadores e, dentro da área, soltou a bomba no alto. O arqueiro esticou o braço e fez uma grande defesa no contrapé.

Na segunda etapa, o predomínio inglês se manteve. Aproveitando mais uma saída errada do CSKA, Martial recebeu passe em diagonal na área e chutou cruzado. No rebote da boa defesa do goleiro adversário, Mkhitaryan só completou para o gol vazio.

Aos 44 minutos, enquanto o Manchester apenas esperava o final da partida, os russos conseguiram o gol de honra. Kuchaev recebeu passe de cavadinha na área, matou no peito e soltou uma bomba para, enfim, conseguir vencer De Gea. A bola passou por debaixo das pernas do goleiro.

Basel goleia o Benfica por 5 a 0 e empurra os portugueses para a última posição

Diferentemente do que costuma apresentar no Campeonato Português, o Benfica vem sofrendo nesta edição da Liga dos Campeões. Após perder para o CSKA por 2 a 1 jogando em casa, os portugueses foram até a Suíça, também na tarde desta quarta-feira, e acabaram goleados por 5 a 0 para o Basel.

Os gols suíços foram marcados por Michael Lang e Dimitri Oberlin, aos 2 e 20 minutos do primeiro tempo, respectivamente. Na segunda etapa, Ricky van Wolfswinkel ampliou aos 14 minutos e viu André Almeida, logo em seguida, ser expulso do jogo. Após isso, Oberlin fez seu segundo e Miguel Riveros fechou a conta.

Com este resultado, o Basel chegou aos três pontos e assumiu a segunda colocação do Grupo A. Apesar de estar empatado em pontos com o CSKA, a equipe tem dois gols de saldo. O Benfica, por vez, amargou a segunda derrota consecutiva e terá de definir sua situação no torneio em dois duelos com o poderoso Manchester United.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: