Chelsea consegue virada no último lance em Madri

Nesta quarta-feira, Atlético de Madrid e Chelsea se enfrentaram no Wanda Metropolitano, em jogo válido pela segundo rodada do Grupo C da Liga dos Campeões e os ingleses venceram de virada pelo placar de 2 a 1. O primeiro gol da partida foi marcado pelo francês Antoine Griezmann, no entanto o espanhol Álvaro Morata e Bathsuayi viraram para os Blues, quem terminam a rodada como líderes e com ótimas chances de se classificar para as oitavas de final da competição

O Jogo– Com as duas equipes sabendo da importância do jogo na briga pela classificação para a próxima fase, tanto o Atlético de Madrid como o Chelsea começaram atacando em busca do primeiro gol, porém foram os visitantes que tiveram as melhores chances. A primeira foi  com o atacante Morata, e logo em seguida com Hazard, só que ambos falharam na pontaria.

Aos 12 minutos o Chelsea teve a chance mais clara novamente com Hazard. O belga tabelou com Álvaro Morata e acertou a trave do goleiro Oblak. Dominando as ações ofensivas e com um maior volume de jogo, o Chelsea viu o brasileiro David Luiz cometer pênalti em cima de Lucas e oferecer a única chance de gol para os donos da casa.

Apesar do mau retrospecto recente em cobranças de pênalti, o francês Griezmann foi para marca da cal e abriu o marcador, fazendo o seu segundo gol no Wanda Metropolitano, nov estádio do Atlético de Madrid e que fazia sua “estreia” na Liga dos Campeões.

Com a vantagem, os espanhóis voltaram para o intervalo com uma postura ainda mais defensiva e deixaram a bola para o Chelsea propor. No entanto, a estratégia não deu certo. Aos 14 minutos da segunda etapa, Morata não desperdiçou o cruzamento de Éden Hazard, e depois de muita insistência, marcou seu gol e o de empata para o time londrino. Motivados após o tento, os Blues partiram pra cima e conseguiram a virada no “apagar das luzes”. No último lance do jogo, o meia Michi Bathsuayi aproveitou passe de Marcos Alonso e garantiu a histórica vitória para o clube inglês.

Já no outro jogo do Grupo C, a Roma foi até o Azerbaijão para enfrentar o Qarabag e conseguiu uma importante vitória de 2 a 1, o que deixa a equipe italiana na briga por uma das vagas para a próxima fase da Liga dos Campeões. Favorito desde o começo , a equipe italiana abriu dois a zero logo no início da partida. Aos sete minutos, o zagueiro grego Manolas fez, enquanto que aos 15 minutos foi a vez do atacante bósnio Edin Dzeko ampliar o marcador.

ATIVAR ALERTAS

Com a vantagem, a Roma começou a aproveitar os contra-ataques, porém viu a vantagem diminuir já que o brasileiro Pedro Henrique aproveitou passe perfeito de Ndlovu para estufar as redes do também brasileiro Alisson. No entanto,a reação do Qarabag não surtiu efeito e a vitória ficou com a equipe italiana.

Agora, o Chelsea lidera o grupo com duas vitórias e seis pontos, enquanto que a Roma fica em segundo, com quatro pontos conquistados em duas partidas. Já o Atlético de Madrid, cai para a terceira posição e continua com um ponto, e agora terá que conseguir bons resultados nos próximos jogos para evitar uma desastrosa eliminação precoce. O Qarabag é o último, com 0 ponto ganho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: