Vadão retorna à Seleção feminina

Com a demissão de Emily Lima, a primeira treinadora da Seleção Brasileira de futebol feminino, Oswaldo Alvarez, o Vadão, volta ao comando do time verde e amarelo depois de dez meses longe do grupo. O anuncio foi feito nesta segunda-feira, após reunião com o presidente da entidade, Marco Polo Del Nero.

Em sua primeira passagem na equipe, o técnico permaneceu no cargo por dois anos e participou da Copa do Mundo do Canadá, em 2015, e também esteve à frente durante o Rio 2016. Na primeira disputa, o Brasil caiu para a Austrália nas oitavas de final. Na segunda competição, perdeu para a Suécia, nas semifinais.

Até agosto deste ano, Vadão liderou o Guarani. Agora, seu objetivo na Seleção é fazer uma boa campanha na Copa América, que acontece em abril, para conseguir vaga no Mundial, que será realizado na França, em 2019, e em Tóquio 2020.

Emily saiu da equipe depois de seis jogos sem vitórias. Ela teve um início arrasador com sete vitórias consecutivas, mas não conseguiu administrar o bom desempenho. Nos últimos embates, empatou um e perdeu cinco disputas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: