Hamilton nega aposentadoria e desejo de alcançar Schumacher

O piloto inglês Lewis Hamilton, tricampeão da Fórmula 1 e atual líder da categoria na temporada, comentou, em entrevista concedida a um programa britânico de televisão, sobre possíveis planos de aposentadoria e negou que estivesse pensando em dar adeus às pistas em um futuro próximo, graças ao embate travado contra Sebastian Vettel.

“Definitivamente pensei sobre (aposentadoria) e algumas vezes pensei nas outras coisas que quero fazer, mas estamos no calor da batalha neste momento e estou amando mais do que nunca”, afirmou o piloto, que também listou alguns fatores para permanecer nas pistas.

“O treinamento, todo o trabalho que você coloca em algo, e então você pode realmente demonstrar suas habilidades. É o melhor sentimento do mundo, então continuarei (nas pistas) por quanto tempo aguentar e ver o que posso fazer”, completou.

Hamilton aproveitou também para comentar sobre seus planos futuros na categoria, além de negar que tem como objetivo igualar o recorde de sete campeonatos conquistados por Michael Schumacher. O britânico superou, neste ano, o número de pole positions do alemão, que largou 68 vezes na primeira posição do grid na carreira.

“Honestamente, só estou trabalhando passo a passo. É difícil o suficiente vencer esses campeonatos, um por vez. Atualmente, está claro para mim. Quem sabe se iremos chegar perto de Michael? Sete campeonatos – eu pessoalmente não tenho o desejo de perseguir isso”, finalizou.

ATIVAR ALERTAS

A próxima etapa da categoria será no GP da Malásia, no dia 1º de outubro. Faltam apenas seis corridas para o fim da temporada, que conta justamente com Hamilton na liderança da classificação geral, com 263 pontos conquistados, seguido por Sebastian Vettel, da Ferrari, que tem 235.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: