Carille vê virtudes no Corinthians e culpa postura do Racing por 0 a 0

O Corinthians não deu nem sequer um chute certo ao gol durante toda a partida contra o Racing, nesta quarta-feira, no Cilindro de Avellaneda. Para o técnico Fábio Carille, no entanto, o problema não foi a falta de criatividade de sua equipe, e sim a postura defensiva do adversário argentino.

“Buscamos o gol. Faltou ser mais agressivo, mas enfrentamos um time bem armado, forte, que jogou por esse resultado. Essa é a explicação mais simples. Não tem mais o que falar”, disse Carille, eliminado da Copa Sul-Americana.

Na véspera do jogo, o técnico corintiano disse que esperava um Racing ofensivo, por ter tradição na Argentina e por atuar em casa, mesmo dependendo apenas de um 0 a 0 para se classificar. Na partida de ida, houve empate por 1 a 1 em Itaquera.

“Isso me surpreendeu, sim. Mas o que me deixou satisfeito foi que conseguimos rodar, circular bem. Faltou um passe no terço final, ser mais ousado, fazer uma tabela”, apontou Carille. “No confronto de 180 minutos, tivemos a oportunidade de matar em casa e não matamos. Aqui, o Cássio não trabalhou”, acrescentou.

O treinador tentou dar ousadia ao Corinthians com a entrada do meia Rodriguinho, preservado do início da partida, no lugar de Jadson no segundo tempo. Três minutos depois, porém, o jogador deu uma solada no meio-campista Pulpo González e foi expulso.

“Diferentemente do Jadson, que é armador, o Rodriguinho é um meia-atacante, chegando mais à área, próximo do Jô. A busca era essa, mas, infelizmente, não deu tempo”, lamentou Carille, sem opinar sobre a jogada que rendeu o cartão vermelho ao meia-atacante. “Não assisti à imagem ainda e não sei.”

Além de Rodriguinho, o Corinthians teve o centroavante Jô expulso, já nos acréscimos. O time de Fábio Carille agora se preocupa exclusivamente com o Campeonato Brasileiro. Na manhã de domingo, irá ao Morumbi para disputar clássico contra o São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: