Bottas diz que problema no carro o deixou desidratado no GP de Cingapura

O finlandês Valtteri Bottas foi o terceiro colocado do Grande Prêmio de Cingapura da Fórmula 1, realizado no último final de semana. Apesar do terceiro lugar no pódio, a posição ficou ameaçada quando Bottas sofreu de desidratação. O piloto da Mercedes comentou que teve problemas em sua visão nas últimas voltas do circuito.

A corrida durou mais de 2 horas e bateu recorde como a prova mais demorada da história do GP de Marina Bay. O finlandês ficou impossibilidade de ingerir qualquer fluído por conta de um problema no sistema de hidratação de sua Mercedes.

Sistema de hidratação de sua Mercedes falhou durante o GP de Cingapura (Foto: AFP)

Apesar de ser uma corrida noturna, a prova de Cingapura do último final de semana começou com a temperatura na casa dos 30ºC. Segundo o site oficial da Fórmula 1, a temperatura no cockpit pode chegar a 60ºC.

“Agora estou bem, foi apenas no final da prova que comecei a sentir que minha vista não estava tão clara quanto deveria estar”, disse Bottas, em entrevista ao Channel 4. “Você sabe que o ser humano é capaz de fazer coisas maravilhosas quando não desiste”, acrescentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: