Cruzeiro e Zé Eduardo: acordo prevê R$ 34 mil ao atleta para retirada da ação na Justiça

O Cruzeiro apresentou nesta quinta-feira (18) o acordo firmado com o atacante Zé Eduardo para retirada da ação na Justiça. O jogador, de 21 anos, entrou em litígio com o clube ano passado. A situação foi resolvida após a chegada de André Mazzuco, que assumiu a direção de futebol.

Conforme o acordo, firmado em caráter “amigável”, o Cruzeiro pagará a Zé Eduardo R$ 34 mil — valor referente ao 13º salário de 2020 e ao vencimento de novembro do ano passado. Do valor, R$ 24 mil deve ser pago até esta sexta-feira (19). Os R$ 10 mil restantes no prazo de 15 dias após o pagamento da primeira parcela.

Zé Eduardo participa da pré-temporada do clube na Toca da Raposa II. Em entrevista na última terça-feira (16), o jogador destacou o desejo de ter oportunidades pelo Cruzeiro. “Um sentimento maravilhoso. Muito alegre e feliz por estar neste clube centenário. Que possamos fazer um ano maravilhoso e colocar o time de volta à elite do futebol brasileiro.”

Imbróglio

Zé Eduardo pouco teve oportunidades pelo Cruzeiro ano passado. Iniciou a temporada emprestado ao Villa Nova, e se destacou no Campeonato Mineiro. Depois teve passagem pelo América de Natal. Retornou à Raposa, mas atuou apenas por poucos minutos — contra o Oeste, no turno da Série B, sob comando de Ney Franco. Sem espaço, viajou para retornar ao América de Natal, quando teve início o imbróglio.

O staff do jogador alega que recebeu autorização do então diretor de futebol David para viajar. Contudo, o dirigente negou que tenha autorizado, e o clube advertiu o atleta, que passou a treinar a parte do elenco. Foi quando acionou o Cruzeiro na Justiça do Trabalho, pedindo a rescisão do contrato. O valor de causa da ação era de R$ 2 milhões.

A situação foi resolvida pelo atual diretor de futebol, Andre Mazzuco, que sucedeu David. “[O Mazzuco] me ligou. Só tenho a elogiar esse cara. Ele me abriu a mente. Já está tudo resolvido. Muito feliz de estar de volta. Que a gente possa conquistar nossos objetivos. Já retirei a ação. Foi tudo um mal-entendido”, explicou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: