Atlético: após três gols em jogo-treino, Tardelli espera ser usado por Sampaoli nas últimas rodadas

O atacante Diego Tardelli foi o destaque do jogo-treino em que os reservas do Atlético venceram o Bolívar, da Bolívia, por 3 a 1 na manhã desta segunda-feira (15), na Cidade do Galo. Ele marcou todos os gols da equipe alvinegra e demonstrou o desejo de ser usado pelo técnico Jorge Sampaoli nas duas rodadas finais do Campeonato Brasileiro.

“Para mim, é muito importante, depois de um longo período parado, voltar com ritmo de jogo, jogar os 90 minutos. Me senti bem durante o jogo-treino. É importante ter essa oportunidade para aqueles jogadores que não vêm jogando. Acho que eu aproveitei bem, me senti feliz. Passa um filme de todos os seis meses que passei [parado, devido a lesão]. Tem mais dois jogos [na temporada]. Quem sabe eu posso ser útil para o Sampaoli”, afirmou à TV Galo.

O jogador ficou cinco meses no departamento médico devido a uma grave lesão no tornozelo direito. Ele iniciou a transição para os treinos físicos no dia 15 de dezembro e voltou a ser relacionado um mês e meio depois, em 31 de janeiro. Nesse meio tempo, o camisa 9 fez um comentário polêmico no Instagram.

No dia 22 de janeiro, o jornalista Jaeci Carvalho publicou na rede social um vídeo em que afirmou que “Tardelli está pronto para jogar, mas Sampaoli insiste em não relacionar o jogador para partidas decisivas”. O atacante comentou a postagem com três emojis: uma carinha com zíper na boca, uma mão dando um soco e uma explosão.

Muitos torcedores interpretaram a resposta de Tardelli como uma insatisfação com a situação, e o jogador chegou a desativar as redes sociais. No entanto, no fim do ano passado, Sampaoli declarou que o atacante só poderia ser usado em fevereiro e que aprimoraria a parte física em janeiro.

O atacante voltou a campo no dia 3 de fevereiro, ao entrar no segundo tempo do jogo contra o Goiás, e também foi colocado em campo na etapa final da partida seguinte, contra o Fluminense. Parte da torcida tem criticado o fato de o atleta não ser titular em meio ao pior momento do Galo no Brasileirão.

Desde que voltou ao Atlético, em fevereiro do ano passado, o camisa 9 atuou em apenas três duelos. Além dos já citados, ele entrou no segundo tempo do clássico contra o Cruzeiro pelo Campeonato Mineiro. Com contrato até o fim do Brasileiro, o jogador tem o futuro indefinido

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: