São Paulo vence e aumenta vantagem para Fla e Galo; veja a classificação do Brasileirão

Neste sábado (26), o São Paulo, líder do Campeonato Brasileiro, venceu o Fluminense por 2 a 1 no Maracanã, pela 27 rodada do torneio, e aumentou sua vantagem na ponta do campeonato. O time de Fernando Diniz saiu na frente com Brenner, que completou cruzamento de Reinaldo aos 14 da primeira etapa. Aos 6 minutos da segunda etapa, o maior artilheiro da história dos pontos corridos chegou aos seu 150º gol em Campeonato Brasileiro: Fred empatou a partida após erro de passe de Gabriel Sara. Mas 20 minutos depois, Brenner novamente marcou e deu números finais à partida . O jovem atacante de 20 anos é cria das categorias de base do time do Morumbi, mas chegou a ser emprestado para o próprio Fluminense, justamente na época em que Diniz treinava a equipe carioca. Foi, aliás, o treinador quem pediu o retorno de Brenner para São Paulo. Ele começou a temporada na reserva de Pablo, mas assumiu a posição de titular e já soma 21 gols no ano até aqui. É o titular do elenco em 2020, à frente de Luciano, que balançou as redes 15 vezes até aqui com a camisa do clube. O São Paulo aproveitou o tropeço do Flamengo, que mais cedo neste mesmo sábado, empatou com o Fortaleza, fora de casa, em 0 a 0 –o atacante Pedro ainda perdeu um pênalti, no qual escorregou na hora do chute. Assim, a equipe de Fernando Diniz chegou aos 56 pontos. O cenário poderia ser ainda melhor se o Atlético-MG não tivesse vencido o Coritiba, em casa, por 2 a 0. Sendo assim, o time do Morumbi lidera o Brasileiro, com sete pontos de vantagem tanto para os mineiros quanto para os flamenguistas. Os atleticanos atualmente ocupam a segunda posição, por terem mais vitórias (15 contra 14), mas os cariocas tem um jogo a menos que os dois rivais (26 contra 27), e pode diminuir a distância. Antes de voltar a se preocupar com o Brasileiro, o São Paulo terá pela frente uma decisão na Copa do Brasil, na próxima quarta-feira (30), às 21h30 (horário de Brasília). Após perder, na Arena do Grêmio em Porto Alegre, por 1 a 0 para o Grêmio no jogo de ida das semifinais da competição, agora precisa reverter o resultado no Morumbi se quiser avançar à final. O clube nunca foi campeão da Copa do Brasil. Seu melhor resultado é um vice-campeonato, em 2000 – acabou derrotado pelo Cruzeiro na decisão. Se superar o Grêmio, enfrenta quem levar a melhor de Palmeiras e América-MG, que jogam ao mesmo tempo (no jogo de ida, empate em 1 a 1, em São Paulo). Pelo Brasileiro, o São Paulo volta à campo no dia 6 de janeiro (uma quarta-feira), quando ecara o Bragantino, fora de casa, às 21h30. Já o Fluminense tem pela frente o clássico contra o Flamengo, no mesmo dia 6 e no mesmo horário. FLUMINENSE: Marcos Felipe; Calegari, Nino, Matheus Ferraz e Danilo Barcelos; Yuri (Miguel), Yago Felipe e Michel Araújo (Felippe Cardoso); Wellington Silva (Caio Paulista), Marcos Paulo (Lucca) e Fred. T.: Marcão SÃO PAULO: Tiago Volpi; Igor Vinícius, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Luan (Rodrigo Nestor), Daniel Alves, Gabriel Sara (Toró) e Igor Gomes (Vitor Bueno); Brenner (Hernanes) e Luciano (Pablo). T.: Fernando Diniz. Horário: 21h deste sábado (26) Local: Maracanã, no Rio de Janeiro Juiz: Anderson Daronco (RS) Assistentes: Rafael da Silva Alves (Fifa-RS) e Michael Stanislau (RS) VAR: Daniel Nobre Bins (RS) Gols: Brenner aos 14 do 1º primeiro tempo e aos 26 do 2º tempo (São Paulo); Fred aos seus do 2º tempo (Fluminense) Cartões amarelos: Nino, Danilo Barcelos e Yuri (Fluminense); Luan (São Paulo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: