Sampaoli destrincha elenco do Atlético e pede pelo menos dez reforços

Se o Palmeiras foi até o Rio de Janeiro para negociar com o técnico Jorge Sampaoli, o Atlético-MG mostrou uma força extra e conseguiu trazer o treinador até Belo Horizonte. O argentino chegou à capital mineira e também deixou a cidade em um jatinho da construtora MRV, empresa que patrocina o clube mineiro e tem seu presidente, Rafael Menin, como vice-presidente do conselho deliberativo do Galo. Durante as horas em que permaneceu em BH, Sampaoli falou com riqueza de detalhes sobre o elenco atleticano.

Assim como fez na reunião que teve com a diretoria do Palmeiras, quando ex-treinador do Santos descreveu as características de cada atleta do Palmeiras, ele fez o mesmo nas conversas com os representantes do Atlético. E na avaliação feita por Sampaoli, o Galo precisa de pelo menos dez reforços para se colocar na disputa pelas primeiras colocações.

Certamente o setor ofensivo é o que parece mais preocupar o treinador argentino, tanto que ele ressaltou a importância de buscar algumas opções para o ataque. Um novo centroavante e o jogadores rápidos, que atuem pelo lado do campo. Foram alguns dos pedidos de Sampaoli caso a resposta ao Galo seja positiva. Mas a lista de possíveis reforços tem jogadores para todas as posições.

A temporada 2019 realmente não foi nada boa para o clube alvinegro, que ficou mais um ano sem conquistar algum título. Atlético terminou o Brasileiro apenas na 13ª colocação, caiu na fase de grupos da Libertadores e foi eliminado pelo Colón, um clube sem muita tradição, na semifinal da Copa Sul-Americana. Para completar, foram duas derrotas para o Cruzeiro em mata-matas distintos, na final do Mineiro e nas quartas-de-final da Copa do Brasil.

E a resposta dada ao treinador é de que o Atlético está disposto a fazer os investimentos necessários. Além de atender o pedido financeiro, cerca de R$ 1,5 milhão por mês (incluindo os custos dos demais membros da comissão técnica), a diretoria alvinegra conta com dois grandes parceiros para reforçar o elenco. O Banco BMG e a MRV participaram da reunião nessa quinta-feira e deram garantias financeiras ao argentino.

Sampaoli deixou Belo Horizonte na noite passada e prometeu dar uma resposta ao Atlético até o início da tarde desta sexta-feira. As reações do treinador dividiram opiniões entre as pessoas envolvidas na negociação. Teve quem ficou otimista, assim como teve quem ficou mais pessimista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: