Torcedores do Cruzeiro divulgam carta pedindo a saída da diretoria

Em uma semana recheada de polêmicas, brigas internas, protestos de torcedores contra a diretoria do Cruzeiro, mais uma manifestação contra a gestão de Wagner Pires de Sá aconteceu. Torcedores da Raposa uma carta aberta em que pedem para o atual presidente do Conselho Deliberativo, José Dalai Rocha, pedindo que seja convocada uma assembleia para discutir o afastamento de Pires de Sá e de seus vices, Hermínio Lemos e Ronaldo Granata.

A carta não teve o autor revelado, pois assina como um documento da torcida cruzeirense, com o título “Nascidos Palestra, Forjados Cruzeiro”. No texto, há um contentamento pela indicação de de Dalai, de propor a renúncia coletiva da diretoria e da mesa diretoria do Conselho.

A carta termina seu texto em tom de ameaça caso as reivindicações não sejam atendidas:

-Sem renúncia, afastamento. Sem afastamento, não haverá paz! Se essa diretoria nos colocou nesse purgatório, nós seremos o inferno dela-diz parte do texto. Leia a carta na íntegra.

CARTA ABERTA AO PRESIDENTE DO CONSELHO DELIBERATIVO DO CRUZEIRO ESPORTE CLUBE, DALAI ROCHA

Recebemos, gravamos e nos aliviamos ao tomarmos conhecimento da sua atitude extremamente digna de propor a renúncia coletiva dessa diretoria imunda e de toda a mesa diretoria do Conselho Deliberativo do NOSSO Cruzeiro.

Nós torcedores do maior clube de Minas Gerais não aceitamos posturas diferentes desta tomada pelo senhor, inclusive, publicamente, porque é do lado de fora dos muros das dependências da instituição que está o maior patrimônio dela: os seus nove milhões de torcedores!

O senhor mostrou respeito com a história e com quem realmente coloca recursos financeiros dentro dos cofres dessa instituição quase centenária. Cofres esses, que infelizmente, por esse conselho ter eleito essa diretoria, permitiu o seu assalto.

Dalai, frente ao seu desprendimento em atender nosso pedido inegociável pela renúncia coletiva, além de lhe parabenizar, nos colocamos como soldados fiscalizadores nessa cruzada.

Porém, caso o irresponsável Wagner Pires de Sá e seus dois vices oportunistas, Granata e Hermínio, se negaram – até a próxima terça-feira (17/12) – a largarem o cadáver que essa diretoria produziu, nós continuaremos a exigir a convocação urgente da reunião do Conselho Deliberativo para afastá-los.

Dalai, está nas suas mãos iniciar o processo para extirpar essa mancha do seu Cruzeiro. Sem renúncia, afastamento. Sem afastamento, não haverá paz!

Se essa diretoria nos colocou nesse purgatório, nós seremos o inferno dela.

TORCIDA DO CRUZEIRO ESPORTE CLUBE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: