Adilson Batista diz que não foi comunicado sobre suposta saída do Cruzeiro

O técnico Adilson Batista afirmou que não foi comunicado sobre uma suposta saída do Cruzeiro.

“Estou fazendo planejamento desde segunda-feira. Falando todos os dias com Benecy, Marcone e Marcelo Djian. Quero ajudar na reconstrução do clube. Não sei de nada, ninguém me comunicou. O que tem de notícias falsas agora…”, disse.
Adilson foi contratado pelo Cruzeiro para as três últimas rodadas da Série A. Ele tinha a missão de salvar o time do rebaixamento. Entretanto, as derrotas para Vasco (1 a 0), Grêmio (2 a 0) e Palmeiras decretaram a queda à Série B, em 17º lugar, com 36 pontos.
Em entrevista depois do revés para o Palmeiras, no último domingo, Zezé Perrella isentou Adilson de culpa pela queda à segunda divisão e garantiu a permanência dele no comando da equipe em 2020.

“Quero agradecer ao Adilson por ter aceitado esse desafio, mesmo sabendo que era muito complicado. Ninguém tem o direito de dizer que o Adilson tem qualquer parcela de responsabilidade nisso. Você tentou, fez o que pôde. Talvez se viesse antes, a situação seria outra”, declarou, no último domingo.

Entretanto, Perrella foi destituído da função de gestor de futebol do Cruzeiro na manhã desta quinta-feira

. O presidente Wagner Pires de Sá nomeou Márcio Rodrigues, vice-presidente estatutário na administração de Gilvan de Pinho Tavares, como novo responsável pela pasta.

Com a saída de Zezé, a continuidade de Adilson Batista na Toca não está garantida. Reunião na tarde desta quinta entre integrantes da diretoria deve definir o futuro do treinador, que, contando a primeira passagem, contabiliza 173 partidas à frente do Cruzeiro: 97 vitórias, 34 empates e 42 derrotas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: