Técnico Levir Culpi aciona a Justiça contra o Galo e pede R$ 1,6 milhão

O ex-técnico atleticano Levir Culpi acionou o Atlético na Justiça e cobra R$ 1,6 milhão por vencimentos e indenizações não pagas pelo clube. A informação foi publicada pelo jornal Hoje em Dia nesta terça-feira (10) e confirmada pelo debateesportivo  que teve acesso ao processo.

A ação foi protocolada no último dia 21 de novembro. A primeira audiência foi realizada nesta terça, não houve acordo e a juíza Ana Maria Espi Cavalcanti designou um novo encontro para 13 de abril do ano que vem. Levir Culpi foi contratado pelo Galo em 18 de outubro do ano passado para um período que vigoraria até 31 de dezembro de 2019. O treinador, no entanto, foi demitido no dia 11 de abril deste ano.

O técnico recebia um salário mensal de R$ 400 mil, sendo R$ 240 mil em carteira e R$ 160 mil de direito de imagem. O contrato também estabelecia prêmios individuais, coletivos, como o de R$ 200 mil caso Levir Culpi conseguisse classificar o time à Libertadores, o que aconteceu no ano passado.

Na petição, o advogado de Levir Culpi reconhece que os R$ 200 mil foram pagos, além de R$ 69 mil referente a bichos. O que ele contesta, no entanto, é que os valores deveriam integrar a remuneração para efeitos de 13º, férias, a multa de 40% e indenização. O treinador também contesta valores pagos quando da rescisão de contrato. O total da causa R$ 1.625.424,50.

À reportagem, a assessoria de imprensa do Atlético informou que o treinador fez alguns pedidos que o clube considera indevidos. Ainda segundo o Galo, foi feita a primeira audiência, não houve acordo e o departamento jurídico aguarda a segunda audiência. Há também uma possibilidade de acordo, dependendo da proposta a ser apresentada pelo ex-treinador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: