Edílson tem segundo rebaixamento com um time mineiro e a quarta queda para a Série B na carreira

O lateral-direito Edilson tem uma façanha pouco desejável por um atleta de futebol. O rebaixamento para a Série B com o Cruzeiro foi o quarto em sua carreira por quatro clubes diferentes, sendo que duas das quedas foram em equipes mineiras.

Além da queda com a Raposa, Edílson fez parte do elenco que rebaixou o Atlético-MG em 2005, quando o alvinegro deixou a elite nacional após campanha pífia. Edilson foi dispensado após a derrota por 2 a 1 para o Goiás, no dia 6 de novembro, no Mineirão, pelo então técnico Lori Sandri, já falecido.

O lateral-direito, que pouco jogou em 2019 devido a diversas lesões, e sendo um dos atletas mais criticados pelo torcedor cruzeirense, também tem quedas com Botafogo, em 2014 e Athletico-PR, no ano de 2011.

Edilson chegou ao Cruzeiro em 2018, após ser campeão da Libertadores com o Grêmio, em 2017, com o time mineiro pagando caro e oferecendo um salário de R$ 500 mil mensais.

No ano passado, o lateral teve bons momentos, ajudando o time no bicampeonato da Copa do Brasil, mas em 2019 jogou apenas 27 vezes, tendo 65 partidas no total com a camisa estrelada, ficando na reserva para Orejuela. O contrato de Edílson com o Cruzeiro vai até dezembro de 2020.

Polêmicas

O ano de 2019 de Edílson foi de pouco futebol dentro de campo, mas recheado de polêmicas, sendo apontado como um dos principais parceiros de Thiago Neves na “panela” que se formou no Cruzeiro, enfrentando até a hierarquia de treinadores, como a passagem rápida de Rogério Ceni pela Toca da Raposa.

Outros atletas com mais de um rebaixamento

Além do lateral-direito Edilson, em seu quarto rebaixamento na carreira, outros seis jogadores do atual elenco celeste já sentiram o desgosto de uma queda para a Série B. São eles: Egídio (Vitória – 2010 – e Ceará – 2011), Jadson (Santa Cruz – 2016), Marquinhos Gabriel (Avaí – 2011 e Sport – 2012), Robinho (Avaí – 2011), Rodriguinho (América – 2011) e Joel (Avaí – 2017).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: