Alexandre Mattos também deixa o comando do futebol do Palmeiras após cinco anos

A limpa no Palmeiras será grande para 2020. Após a demissão de Mano Menezes, Alexandre Mattos, diretor de futebol do Palmeiras, é outro a deixar o clube.

O ‘todo-poderoso’ cartola palmeirense não resistiu ao péssimo momento vivido pelo clube e as derrotas recentes em competições importantes como a Conmebol Libertadores e a Copa do Brasil. A montagem do elenco também foi alvo de grandes críticas, principalmente após o sucesso do Flamengo com Jorge Jesus.

Mattos chegou ao Palmeiras no início de 2015 e foi responsável, ao lado de Paulo Nobre, pela retomada do clube no cenário nacional. Com dezenas de contratações, impulsionado pela construção do Allianz Parque, ajudou o clube a figurar entre os principais vencedores do país nos últimos anos, com direito a dois títulos de Campeonato Brasileiro (2016 e 2018) e a Copa do Brasil, em 2015.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: