Fora do jogo contra o Vasco, Thiago Neves pode estar de saída o Cruzeiro

Se a crise dentro e fora de campo pela qual passa o Cruzeiro tem vários personagens, um deles é Thiago Neves. A má fase do clube coincide também com a queda técnica do meia, que, também com declarações polêmicas, ajudou o piorar o ambiente no clube, que segue gravemente ameaçado pelo inédito rebaixamento à Série B.

Esta também é a temporada em que o jogador menos vestiu a camisa celeste. E a derrota para o CSA no Mineirão, na última quinta-feira, quando o camisa 10 perdeu um pênalti, pode ter sido sua última partida pelo clube.

Thiago Neves não viajou com a delegação para o Rio de Janeiro, onde o Cruzeiro enfrenta o Vasco, hoje, às 20h. No sábado à noite, o clube informou que exames constataram um edema na coxa esquerda do meia. O jogador já havia ficado fora do treino tático comandado por Adilson Batista, pela manhã.

Não bastasse tudo isso, neste domingo (1º) surgiram rumores nos bastidores do clube de que Thiago Neves estaria acertando sua rescisão de contrato com o Cruzeiro. Em contato com a reportagem do Debate Esportivo , o diretor de comunicação da Raposa, Valdir Barbosa, negou os boatos.

Na quinta-feira, jogador e clube deram mais um passo de mãos dadas no aprofundamento da crise. Após a derrota por 1 a 0, veio à tona um áudio de TN10 endereçado a Zezé Perrella, gestor de futebol do clube, cobrando o pagamento de parte dos salários atrasados. A divulgação ajudou a piorar a imagem do jogador, que é bastante criticado pela torcida.

Ao longo desta temporada, quase sempre quando se dirigiu aos microfones ou ao Twitter, Thiago Neves causou alvoroço nas redes sociais. Por exemplo, quando dedicou um gol ao então vice-presidente de futebol Itair Machado, acusado de cometer irregularidades na administração do clube. Em meio à crise celeste, TN10 também já admitiu a vontade de jogar pelo Corinthians.

O meia chegou ao Cruzeiro em 2017, e em 2019 o contrato foi renovado para dezembro de 2020. Caso complete 42 jogos, o acordo será renovado automaticamente. A partida contra o CSA representou a 41ª atuação dele no ano, com apenas nove gols. Sempre liderando a equipe, nas temporadas de 2017 e 2018, o meio-campista Thiago Neves foi um dos principais jogadores das conquistas das Copas do Brasil e do Campeonato Mineiro pela clube celeste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: