O renascimento de uma estrela

Por Antônio Célio – O renascimento de uma estrela – Quem lidar com o futebol amador sabe das dificuldades, hoje em dia, em manter um time na ativa.
Os dirigentes são os heróis da resistência, pois, além dos problemas financeiros para arcar com as despesas dos clubes amadores, já que não possuem rendas, ainda, o equilíbrio para administrar a vaidade de alguns jogadores. São atletas que não aceitam a reserva e nem serem substituídos.
Esses foram alguns dos itens elencados pelo presidente do Estrela do Norte, clube simpático do Bairro Novo Horizonte, em Bocaiuva (MG), “Chocolate”.
Em entrevista ao programa Prorrogação, da Clube 91,5 FM, no sábado (23), dia que antecedeu a grande final do campeonato do “Novo Horizonte”, ele revelou que chegou a desistir de continuar com a equipe neste ano. Isso, só não aconteceu por que próprios jogadores e torcedores os demoveram da idéia.
No dia seguinte, domingo, pela manhã, o Estrela do Norte venceu o União Zumbi, por 3 a 1, e conquistou o título. A euforia tomou conta da torcida, dirigentes e atletas, que comemoraram a conquista e o ressurgimento do clube.
Foi bom para o Bairro Novo Horizonte, apesar, da torcida contrária dos rivais, como do Unidos da Vila, que levaram em conta a rivalizada caseira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: