Ceará demite Adilson Batista após derrota para Flamengo no Maracanã

O Ceará anunciou a demissão do técnico Adilson Batista logo depois da goleada por 4 a 1 sofrida para o Flamengo, nesta quarta-feira, no Maracanã, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro.

“Adílson Batista não é mais treinador do Ceará. A diretoria alvinegra agradece pelos serviços prestados e deseja sucesso em sua trajetória. Os auxiliares técnicos Cyro Garcia e Milton do Ó também deixam suas funções no Ceará”, informou o clube por meio do Twitter.

Batista ficou no comando do Vozão por 13 rodadas e teve aproveitamento de 35,9%, com 14 pontos em 39 possíveis. No período, ele conseguiu apenas quatro vitórias e dois empates. Por outro lado, sofreu sete derrotas.

O treinador assumiu o Ceará em 2 de outubro na 15ª posição, com 23 pontos, e deixa o clube com 37, na 16ª posição. Se o Cruzeiro derrotar o CSA nesta quinta-feira, no encerramento da 35ª rodada, o Vozão entrará no Z4 a três jogos do fim da Série A.

As escolhas feitas por Adilson para a partida contra o Flamengo teriam pesado para a diretoria demiti-lo logo depois do revés por 4 a 1. Ele escalou a equipe com seis meias e nenhum atacante de origem. O alvinegro saiu na frente, com Thiago Galhardo, mas sofreu a virada na etapa final, quando se limitou a defender.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: