Confusões relacionadas ao Cruzeiro x Atlético levam sete para a prisão

A polícia civil divulgou balanço sobre as ocorrências relacionadas ao jogo entre Cruzeiro e Atlético, realizado nesse domingo. De acordo com os dados apresentados nesta segunda-feira, sete pessoas foram presas e encaminhadas ao sistema prisional. Uma delas, detida por tentativa de homicídio. As outras seis, flagradas por rixa e porte ilegal de arma de fogo.

Além dos presos, 20 indivíduos assinaram Termo Circunstanciado de Ocorrência (TC0) por casos como rixa, uso de drogas, lesão corporal, cambismo, provocação de tumulto e desacato. Esse grupo passará por audiência no Juizado Especial Criminal.

Investigados
Encontra-se em andamento, investigação para apurar a briga entre torcedores do Cruzeiro, ocorrida antes do clássico, no bairro Goiânia, região Nordeste de Belo Horizonte. Segundo a PM, membros das organizada Máfia Azul armaram uma emboscada para um ônibus com torcedores da Pavilhão Independente de João Monlevade. A ação culminou com uma briga, que foi reprimida pela ação policiail

“Os 39 torcedores conduzidos serão investigados. Dois foram ouvidos durante o plantão, sendo os líderes das respectivas torcidas organizadas. Os demais foram intimados para prestar depoimento nos próximos dias. A Delegacia de Eventos está responsável pela investigação”, informa a polícia civil.

Outras quatro pessoas serão investigadas por porte de arma branca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: