José Aldo prepara estreia no peso galo do UFC e já está na mira do campeão

Depois de 15 anos no peso pena, José Aldo, que conquistou o cinturão do UFC e do extinto WEC na divisão até 66kg, decidiu trocar de categoria. A derrota para Alexander Volkanovski, por pontos, no Rio de Janeiro, em maio deste ano, levou o manauara a mudar para os galos (até 61kg). A estreia já tem data e adversários previstos, de acordo com o site do Combate. O Campeão do Povo está perto de acertar luta contra o também brasileiro Marlon Moraes para o UFC 245, no dia 14 de dezembro, em Las Vegas, último grande evento da organização em 2019.

Marlon Moraes foi o último desafiante do atual campeão peso galo do UFC, Henry Cejudo. O brasileiro, número um no ranking da divisão, foi batido pelo medalhista de ouro olímpico em Pequim’2008 por nocaute técnico, em junho deste ano. O Messsenger (Mensageiro) conquistou o cinturão que até então estava vago – ele também é dono do título dos moscas (até 57kg).
José Aldo ganhou mais motivação com a mudança ao ser desafiado pelo próprio campeão. Nos últimos dias, Cejudo manifestou o desejo de enfrentar o manauara e aproveitou para provocá-lo. “Você precisa acordar. Você não consegue chegar aos 61kg. Tenho um recado para você, José Aldo. Se você quer meu cinturão, eu quero que você fale que você quer. A gente está pronto. A gente vai ter um novo rei. Quero a cabeça de José”, declarou o norte-americano recentemente.

Para contradizer o campeão, Aldo exibiu shape cada vez mais seco para a estreia na divisão dos galos. Se tiver a luta contra Marlon Moraes confirmada e vencer, o brasileiro será, certamente, fortíssimo candidato a disputar o título diante de Cejudo. O marnauara rechaçou as farpas do norte-americano e disse que se concentra no corte de peso.

“Ele (Cejudo) fala muito, mas não faz nada. Ele não fez nada, ganhou apenas o título de 57kg e não defendeu, nem nada. Está falando o quê? Ele é medalhista olímpico, beleza, vamos respeitar, mas dentro do Ultimate não fez nada ainda. Nunca tinha feito dieta na vida. Estou mantendo 68kg ou 69kg, treinando forte. Se fosse para bater o pena, nem sofreria. Eu treino com o pessoal que bate 61kg, estou muito mais forte e potente do que todos. Pode ter certeza que será um Aldo forte e rápido”, projetou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: