Fábio reconhece má fase, pede foco contra o Inter e seriedade na fuga do Z4

ogador com mais jogos na história do clube e mais vencedor do atual elenco com a camisa do Cruzeiro, o goleiro Fábio foi o único a falar com a imprensa após a derrota por 2 a 0 desse domingo (4) frente ao Atlético, no Independência. O camisa 1 minimizou a longa conversa realizada no vestiário entre jogadores, Mano Menezes e membros da diretoria, ocasião em que o técnico colocou o cargo à disposição, e frisou que é importante os companheiros entenderem o que é o Cruzeiro.

“O Mano sempre conversa após as partidas, independentemente de vitória ou derrota. Mas todo mundo sabe o que tem que ser feito, acho que cada um já vivenciou várias situações, quem não vivenciou, isso aqui é o Cruzeiro, uma equipe grande, que é sempre cobrada por títulos em todas as competições que entra. Por isso, sempre que entrar em campo tem que honrar a camisa”, afirmou.

Apesar de saber o que é o Cruzeiro, o goleiro reconheceu que o momento não é dos melhores, e por isso vai ser preciso foco para voltar a um bom caminho, tanto na Copa do Brasil, quanto no Brasileirão.

“Quando não consegue em campo sobressair sobre o adversário, a chance de sair com o resultado  negativo é grande. Tivemos algumas situações onde jogamos melhor e não conseguimos a vitória. Mas, temos que viver o presente, situação difícil, tem jogo importante contra o Internacional pela semifinal da Copa do Brasil, e temos que focar bastante nisso, e na sequência do Brasileiro, pois todos os jogos se tornam decisivos contra equipes que estão na mesma situação (da zona de rebaixamento). Temos que igualar em vontade e sobressair na qualidade nos momentos decisivos”, completou.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: