Ceará x Fortaleza: Com VAR polêmico e confusão, Ceará vence primeiro Clássico-Rei na Série A desde 93

O grande clássico cearense não acontecia na primeira divisão do Campeonato Brasileiro desde 1993. E voltou com muito estilo e polêmica.

Em uma partida marcada por um futebol arrasador do Ceará no primeiro tempo e por uma confusão com a arbitragem e o VAR, a equipe alvinegra venceu o Fortaleza por 2 a 1, no Castelão, pela 13ª rodada do Brasileirão.

Primeiro foi Thiago Galhardo que balançou as redes, após cruzamento da direita. De cabeça, Felippe Cardoso fez seu primeiro gol com a camisa alvinegra e definiu o placar. Nos acréscimos da primeira etapa, Heber Roberto Lopes marcou pênalti, o Ceará reclamou bastante, Juninho bateu, converteu e diminiu o placar.

Com o resultado, o Ceará sobe provisoriamente para a 9ª posição, enquanto o Fortaleza estaciona em 14º. Na próxima rodada, a equipe alvinegra recebe a Chapecoense, no sábado (10), às 17h (Brasília). A equipe tricolor visita o CSA, às 20h (Brasília) da segunda-feira (12).

Quem piscou, perdeu

Se alguém se levantou para ir buscar água aos 14 minutos do primeiro tempo, com certeza se arrependeu. O Ceará precisou de menos de três minutos para marcar os dois gols da primeira etapa.

Aos 14, uma linda jogada coletiva culminou na entrada de Leandro Carvalho pela direita. O camisa 82 cruzou rasteiro e Thiago Galhardo, livre, tocou para a rede.

Aos 17, Ricardinho cobrou escanteio para a área e Felippe Cardoso se antecipou ao goleiro Felipe Alves para ampliar. Entre os dois lances, Thiago Galhardo ainda teve ótima chance de ampliar, mas desperdiçou jogada cara a cara.

Polêmica no pênalti

O primeiro tempo parecia definido até os 44 minutos, quando André Luis caiu dentro da área após lance com Luiz Otávio e Heber Roberto Lopes marcou falta fora da área.

O VAR mostrou que o lance foi dentro da área, mas que a infração marcada era discutível. Como o árbitro de vídeo não pode interferir em lances de interpretação, a penalidade foi marcada.

Juninho cobrou e converteu, diminuindo o placar para o Fortaleza. Depois do gol, uma confusão se instalou durante a comemoração e jogadores trocaram empurrões antes do intervalo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: