Libertadores Grêmio arranca vitória heroica contra o Libertad com Geromel expulso e ressurreição de Tardelli

O nome da vitória do Grêmio na partida de ida das oitavas de final da Copa Libertadores contra o Libertad-PAR tem um nome: Diego Tardelli. Um nome que a torcida gremista esperava há tempos que dessas alegrias e que estava devendo um jogo como esse. Isso porque o cenário era todo negativo. Geromel expulso no começo do segundo e jogo truncado. Mas aí o atacante apareceu com um golaço de voleio que abriu o caminho para a vitória de 2 a 0 na Arena.

PRESENÇA ILUSTRE

E quem marcou presença na Arena para acompanhar a partida foi a família hostilizada no Gre-Nal do último final de semana. Taís Dias e Bernardo compareceram a um dos camarotes do estádio e puderam acompanhar a partida. O clube também convidou Lucas Baía, pai do garoto, que é torcedor do Internacional.

ADVERSÁRIO CONHECIDO

O duelo é válido pela fase de oitavas de final, mas as duas equipes já tinham se enfrentado na primeira fase, a de grupos. No primeiro encontro, justamente na Arena, o time comandado por Renato gaúcho acabou derrotado pelo placar de 1 a 0 com gol de Bareiro. No jogo no Paraguai, vitória gremista por 2 a 0 com show e dois gols de Everton Cebolinha.

GRÊMIO TENTANDO

A primeira etapa teve uma tônica. O Grêmio com a bola no campo de ataque e procurando os espaços em uma defesa muito fechada do Libertad. Antes dos 10 minutos, Everton e Maicon chutaram com perigo. Jean Pyerre e Maicon, mais uma vez, tentaram em chutes de fora da área. Benítez teve uma chance para os visitantes aos 42, mas a bola Paulo Victor fez defesa tranquila. O Grêmio mandava no jogo, mas criava pouco e só em finalizações de fora.

UM A MENOS

Logo com quatro minutos da primeira etapa o Grêmio se complicou. O zagueiro Geromel, em dividida com Benítez, acabou pisando no adversário e foi expulso após o árbitro consultar o VAR. Mas o time não deixou de pressionar. Antes da expulsão André já havia perdido grande chance e Maicon, após a expulsão, também desperdiçou boa oportunidade.

A RESSURREIÇÃO DE TARDELLI

Tão criticado e com olhares de desconfiança de todos no Grêmio, Diego Tardelli entrou e fez o que dele se espera. Decidiu para o time. Aos 25 minutos, após cobrança de escanteio, Kannemann desviou escanteio na primeira trave e o atacante achou um voleio da cartola para tirar o grito de gol entalado na garganta do torcedor gremista.E para completar a vitória, o Grêmio contou com outra estrela, desta vez do zagueiro David Braz, que entrou justamente no lugar do expulso Geromel. Ele subiu mais alto que todo mundo após cobrança de falta de Alisson e testou firme para sacramentar a ótima vantagem gremista.

A VOLTA

Quinta-feira (01/08) – 21h30 – Defensores del Chaco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: