Goleiro de 17 anos morre após defender pênalti com o peito

Ramón Ismael Coronel, de apenas 17 anos, faleceu após sofrer um ataque cardiorrespiratório causado por uma bolada no peito durante uma partida na Argentina.

O time do jovem goleiro, o Unión de Golondrina, estava em uma disputa de pênaltis. Depois de defender uma das cobranças com o peito, Ramón começou a comemorar, antes de cair no chão repentinamente.

Ele chegou a ser levado para o hospital, mas não resistiu. Segundo a agência estatal Télam, a família do jovem disse que não havia ambulância no local do jogo.

“A única coisa que eu posso dizer é que não entendo por que em um evento como esse não havia uma ambulância”, contou Eduardo Coronel, pai de Ramón, em entrevista ao jornal Reconquista Hoy.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: