Ministério Público de MG instaura investigação criminal contra dirigentes do Cruzeiro

O Ministério Público do Estado de Minas Gerais instaurou nesta quarta-feira um procedimento investigativo criminal para apurar as possíveis irregularidades cometidas pelos dirigentes do Cruzeiro. A reportagem dodebate esportivo   entrou em contato com a assessoria de imprensa do órgão. Neste momento, a procuradoria iniciará um processo de investigação e logo em seguida o MP deve analisar documentos e pedir aos dirigentes da Raposa que prestem depoimento.

Em maio de 2019, uma reportagem da TV Globo mostrou que o Cruzeiro estava sendo investigado pela Polícia Civil de Minas Gerais por irregularidades financeiras e até mesmo lavagem de dinheiro. O clube se manifestou por meio de uma coletiva de imprensa, conduzida basicamente por Itair Machado, vice-presidente de futebol do Cruzeiro, que se defendeu das acusações, mas atacou a imprensa, dizendo que o ‘eixo Rio-São Paulo’ estava perseguindo o clube mineiro.

O Cruzeiro passa por uma grave crise financeira, que ficou escancarada ainda mais entre o período de início de Copa América e paralisação do Campeonato Brasileiro. O clube vem sendo atingido por uma série de processos trabalhistas, atrasos salariais de funcionários do clube e protestos da torcida na sede do time, localizada no bairro de Barro Preto, em Belo Horizonte.

No dia 18 de junho, Wagner Pires de Sá, presidente do Cruzeiro, preciso comparecer à sede da Polícia Federal em BH para prestar depoimento. O mandatário foi testemunha da ‘Operação Escobar’, que investiga vazamento de documentos sigilosos da Polícia Federal. O presidente ainda pode ser tornar réu do caso, uma vez que outros nomes da cúpula cruzeirense são acusados de cometerem crimes como falsidade ideológica, lavagem de dinheiro e falsificação de documentos.

Em entrevista à Rede Globo, Mano Menezes, técnico do Cruzeiro, confirmou que a agitação dos bastidores do clube tem ligação direta com o baixo rendimento do clube. A Raposa faz uma tímida campanha no Campeonato Brasileiro, mas está nas quartas de final da Copa do Brasil e nas oitavas da Conmebol Libertadores.

“A gente do futebol também sabe que algumas coisas influenciam diretamente na parte de campo. O Cruzeiro vem passando por um momento difícil como clube. E mesmo com toda experiência, seja dos comandantes, no nosso caso em termos de comissão técnica, seja por parte dos jogadores, que temos aí uma grande quantidade de jogadores com experiência suficiente para tentar separar uma coisa da outra, você sabe que isso não é bem assim na prática, né?”, questionou.

“Isso influencia no sentimento do torcedor. O sentimento e o humor do torcedor interferem no jogo, que ele vai ao estádio, ou ele não vai ao estádio, a ausência dele interfere, a presença dele com outro humor interfere no jogo. Essas coisas têm certa ligação. E é sempre muito ruim você abrir todos os meios de comunicação a cada dia e ver que muito mais se fala negativamente do seu clube do que positivamente, essas coisas também estão juntas e nós temos que resolver, como clube e como time”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: