Presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman é preso acusado de fraude

O presidente do Comitê Olímpico do Brasil e do Comitê Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman foi preso na manhã desta quinta-feira. Além de Nuzman, o diretor geral  do comitê da Rio 2016, Leonardo Gryner, também foi apreendido na operação chamada Unfair Play. O presidente é acusado pelo pagamento de propina a membros do Comitê Olímpico Internacional na eleição da cidade do Rio de Janeiro como sede dos Jogos Olímpicos de 2016. A prisão foi efetuada por agentes da Polícia Federal que foram até a casa do dirigente, localizada no bairro do Leblon, no Rio de Janeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: