Coutinho brilha e Liverpool vence jogo maluco contra o Leicester

Se ainda tinha torcedor do Liverpool bravo com Phillippe Coutinho por causa da frustrada negociação com o Barcelona, na tarde desse sábado todos devem ter selado a paz com o talentoso meia brasileiro. Com um golaço e uma assistência, Coutinho foi fundamental para a vitória dos Reds por 3 a 2 em cima do Leicester, fora de casa, pela sexta rodada da Premier League.

Para conquistar os três pontos, os torcedores do Liverpool tiveram de passar por fortes emoções. Primeiro, a equipe ignorou o fato de ser visitante e dominou completamente seu adversário. Não demorou e os gols começaram a sair.

Depois da trave salvar o goleiro Shmeichel, o Leicester nada pôde fazer quando Phillippe Coutinho acertou um lançamento preciso na cabeça de Salah, que não perdoou e se isolou na artilharia da equipe.

Não demorou e o camisa 10 do Liverpool também foi às redes. Em cobrança de falta de média distância, Coutinho acertou um chute indefensável, por cima da barreira, sem chances para Shmeichel. Golaço.

A partida parecia tranquila, até que os minutos finais do primeiro tempo. Antes abatido, os donos da casa acordaram e chegaram ao gol com Okazaki, mas o assistente acabou assinalando impedimento. E errou.

Em meio aos protestos, o Leicester não desistiu e, nos acréscimos, conseguiu seu gol, de novo com Okazaki. Dessa vez a arbitragem não atrapalhou.

ATIVAR ALERTAS

Dessa forma, o segundo tempo se transformou em outra jogo. O Leicester se lançou de vez ao ataque e o Liverpool passou a especular os contra-ataques. E justamente quando parecia encurralado, prestes a levar o empate, os Reds foram fatais com Henderson, que teve tranquilidade diante de tanta liberdade dentro da área.

Balde de água fria? Nada disso. O Leicester respondeu rápido, apenas um minuto depois, com Vardy, que aproveitou rebote de Mignolet e recolou a equipe azul no jogo.

E o estádio King Power foi à loucura dois minutos depois, quando Mignolet saiu do gol estabanado e cometeu pênalti em Vardy. Era a chance do empate. Na cobrança, o ídolo do Leicester encheu o pé no centro do gol, mas Mignolet esperou e espalmou a bola para longe.

Daí para frente, o Leicester até continuou em busca de um empate heroico, mas não teve mais forças. O Liverpool, que praticamente não existiu na etapa final, se segurou até o apito final e acabou comemorando uma vitória muito importante.

Agora com 11 pontos, o time de Jürgen Klopp salta para a quinta colocação e cola no Tottenham, que tem os mesmos 11 pontos, mas um melhor saldo de gols. Já o Leicester se aproxima da zona de rebaixamento, com quatro pontos, na 16ª colocação. O West Ham, primeiro dentro do Z3, também soma quatro pontos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: